Perguntas e respostas em Reprodução Humana

A chance de ter um filho com síndrome de Down acontece mesmo se utilizar óvulos doados? Deve-se a idade avançada da receptora?

A probabilidade de ter um filho com Síndrome de Down depende da idade da mulher que gerou os óvulos. Ao usar óvulos doados a probabilidade é baixa (menos que 1 em cada mil nascimentos), já que são óvulos de mulheres jovens.

Um embrião de FIV que se forma no sexto dia é pior do que o embrião de quinto dia de formação?

Não.

Passar mal após a captação é frequente ou exclusividade para que tem SOP? O hiperestímulo ocorre em quem tem baixa reserva?

O desconforto após a captação tem bastante relação com o número de óvulos obtidos; quanto mais óvulos, maior o risco de desconforto. Mas existem vários outros fatores.

É possível ter mola hidatiforme (ou doença trofoblástica gestacional) em ciclos de FIV?

Sim, pode ocorrer mola hidatiforme em ciclos de FIV. Um relatório de todos os ciclos dos EUA identificou mais de 70 gestações molares em 270 mil ciclos de reprodução assistida, sendo o risco na casa de 1 a cada 4.000 casos, tanto para FIV clássica quanto para ICSI.

Pode iniciar nova estimulação ovariana com cisto decorrente da estimulação passada? O que pode acontecer caso inicie com cisto (ex: pior resposta do uso das medicações)?

Sim, é possível, mas frequentemente se faz necessária uma dose mais elevada de medicação injetável.

Após cirurgia de varicocele, é possível ter sêmen de boa qualidade?

Sim.

No caso da ovorecepção, a transferência de dois embriões aumenta a chance de sucesso?

A chance de sucesso considerando o total de embriões disponíveis não muda. Por exemplo, se tiver quatro embriões congelados, a chance total de conseguir o bebê será a mesma se considerar 2 transferências de 2 embriões ou 4 transferências de 1 embrião.O que muda é que ao transferir dois embriões por vez, a chance por transferência é maior, porém há um risco muito maior de gravidez de gêmeos.

Existe algum exame para saber quantidades de óvulos que teremos?

Não. Entretanto, a contagem de folículos ovarianos ou a dosagem do hormônio Anti-Mulleriano fornecem uma estimativa aproximada.

O exame FSH pode ser feito em qualquer período do ciclo?

Para ter alguma utilidade na prática clínica, ele deve ser colhido nos primeiros 5 dias do ciclo menstrual.

Em média, quanto tempo dura do inicio dos medicamentos para estimulação ovariana e a captação?

Em média de 10 a 12 dias.

Na hora do descongelamento dos embriões, corre o risco deles degenerarem?

Sim, porém esse risco é < 5%.

Qual o valor da progesterona para a implantação?

A dosagem da progesterona não é importante para a transferência de embriões e o resultado deve ser analisado com muito critério, pois o mesmo é extremamente dependente do momento do ciclo em que é colhido: antes de ovular < 1,5; próximo à ovulação = 1-3; e após a ovulação > 3.

Por Luiz Fernando Gonçalves Borges – médico ginecologista e obstetra, pós-graduado em Reprodução Humana